10 Dicas para Ter um Canal de Sucesso no Youtube

Todos os dias novos canais dos mais diversos segmentos são criados no Youtube. Ao passo que diversos outros são abandonados ou desativados.

É notório como tem crescido o índice de pessoas interessadas em criar um canal no Youtube

Os motivos para o insucesso destes canais são muitos, mas o principal é a falta de planejamento.

O segredo é pensar em todos os detalhes antes de criar um canal no Youtube.

Nesta oportunidade, destaco 10 Dicas para ter um Canal de Sucesso no Youtube, as quais você poderá considerar e implementar no seu plano de ação para criar o seu canal.

Mas, vamos começar pensando em qual motivo para NÃO se criar um canal no Youtube

Apesar da maioria desejar criar um canal no Youtube para ser famoso e ganhar dinheiro fácil, grandes Youtubers do mundo provam o contrário.

Em uma matéria publicada pelo G1 em 2015, um dos maiores Youtubers do mundo, o sueco Felix Kjellberg, hoje com 27 anos, conta que o segredo que o tornou milionário com seu canal foi manter a mente desconectada do fator “dinheiro”.

Segundo vários analistas e “vlogueiros” (blogueiros de vídeo) bem sucedidos, a dica para se começar a ganhar dinheiro no site é justamente não ficar tentando ganhar dinheiro no YouTube.

É claro que lucrar com vídeos é um motivo plausível, mas se você começar tendo este como o seu objetivo principal, à curto prazo, certamente, sua essência poderá se perder.

O retorno financeiro é importante, mas não deve ser a única meta na criação de um canal no Youtube.

Este é um dos segredos para um canal se consolidar e nossa dica extra para você!

Ser Youtuber não é brincadeira!

De acordo com uma matéria publicada pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, na “era digital”, onde empreender como Youtuber é o sonho de praticamente toda uma geração, muitos imaginam que para ter um canal no Youtube basta gravar um vídeo qualquer com um celular, seja qual for o assunto e local, postar na rede e pronto! É só esperar o vídeo bombar.

A realidade é outra!

Criar um canal, em si, é fácil. O difícil é mantê-lo!

O sucesso do canal depende de vários fatores, para começar, posso destacar que: trabalhar com profissionalismo e seriedade são chaves importantes para se destacar neste segmento.

Pense na proporção de uma plataforma como o Youtube.

Trata-se de uma potente rede mundial. Qualquer conteúdo pode ser publicado em um país e ser visto em outro país, a milhares de quilômetros de distância, em questão de segundos.

Está presente em 88 países e disponível em 76 idiomas com mais de 2,5 bilhões de telespectadores por dia.

No Brasil, segundo a publicação do próprio Youtube na 2ª edição do Youtube Insights:

  • 96% dos consumidores no Youtube acessam a internet todos os dias, principalmente por meio de Smartphone (82%) e do computador (66%)
  • 95% da população online acessa a plataforma pelo menos 1 vez por mês
  • 87% concordam que é uma plataforma que permite o consumo de qualquer tipo conteúdo, quando e onde quiser
  • 79% concordam que é melhor assistir a tutoriais do que ler instruções de “como fazer”.

O Google, dono da plataforma, não divulga dados regionais, mas informa que o Brasil ocupa o segundo lugar mundial em tempo de visualização de vídeos online, atrás apenas dos EUA.

A cada minuto são geradas 500 novas horas de conteúdo no YouTube mundial.

Por que eu fiz questão de compartilhar esses dados aqui?

Porque quero que você mensure a responsabilidade que um canal representa.

Reitero: É necessário considerar que um canal no Youtube não serve apenas para baixar vídeos ou como uma espécie de arquivo pessoal.

O Youtube é uma ferramenta poderosa de marketing, se usado de maneira inteligente.

Muitos desconhecem o poder que há nos vídeos online, ainda mais se compartilhado nos meios de comunicação certos.

E aqui cabe um dado importante: Como começar e manter um canal no Youtube é um dos maiores questionamentos que as pessoas fazem, mesmo porque existem muitos assuntos a serem abordados e diversas formas e estilos diferentes de vídeos a serem feitos.

Por isso, é de extrema importância que você conheça alguns pontos a serem considerados para fazer o seu canal crescer de maneira inteligente e estratégica, e apresentar algo de qualidade para o seu público.

Por onde começar? Comece observando o seu perfil…

DICA 1: Paixão

Faça uma autoanálise e identifique realmente o que te impulsiona, o que te faz sentir à vontade, qual o assunto que você consegue abordar com paixão.

Se você gosta muito de falar sobre imóveis, por exemplo, reúna as dúvidas mais frequentes dos seus clientes.

Se você ainda não tem um rol de clientes, pesquise, estude tudo a respeito.

Você vai ver como um vídeo de 5 minutos será produzido rapidamente e ainda vai faltar tempo para tanto assunto.

Tenha prazer em alimentar a sua audiência com conteúdos relevantes. Certamente, seu público vai sentir vontade de voltar a consumir o próximo vídeo e vai se tornar seu cliente.

segurança transmitida naquilo que é falado no vídeo proporciona uma fluidez e espontaneidade maior. Você está à vontade e, sem pestanejar, entrega o que o público quer. Tenha certeza: sua audiência sente isso.

Você já viu alguém “travado” em um vídeo?

É um pouco constrangedor, além de ser incômodo para quem está tentando consumir algum conteúdo na internet.

Um vídeo feito nestas condições jamais terá uma mega audiência, ou, no mínimo, essa audiência vai procurar o vídeo mais pelo lado cômico do que pelo conteúdo em si.

Por isso, é bom que você faça de tudo para se sentir à vontade em frente à câmera e, dominar o assunto é um dos pontos-chave para você transmitir segurança e credibilidade para o seu público. Isso é essencial!

DICA 2: Nome do canal

Este é o primeiro passo prático antes de, efetivamente, criar um canal no Youtube, e pode ser considerada uma das etapas mais difíceis deste processo se considerarmos que você queira um nome interessante, chamativo, ideal e que realmente tenha conexão com o seu conteúdo/nicho, além de atrair a atenção do público e “grudar” na sua mente.

Mas, mantenha a calma e faça o seguinte:

  • Faça uma lista de possíveis nomes. Mas, pense em vários nomes, pois você vai precisar testar e constatar se este nome está disponível na hora de cadastrar no Youtube.
  • Lembre-se que o nome precisa ter conexão com o seu nicho, que seja marcante, além disso, ele precisa ser fácil de encontrar e digitar, afinal, fica mais fácil para as pessoas compartilharem 😉
  • Pensar em qual será o seu público-alvo também vai ajudar: esta é uma das etapas mais importantes, pois é nela que você definirá quem é o seu avatar/persona.
  • Depois de escolhidos os nomes, você vai testar e constatar se eles estão disponíveis. Basta abrir o seu navegador, digitar: https://www.youtube.com/ No final deste link, escreva o nome que você escolheu. Exemplo: Se você escolheu “Dicas da Pri”, escreva após a barra: “https://www.youtube.com/dicasdapri” e vai dando enter e testando até encontrar um nome liberado.

DICA 3: Outras Redes Sociais

IMPORTANTE! Ao verificar o nome para o seu canal, você vai precisar investigar se este nome de perfil também está disponível em outras Redes Sociais (Facebook, Instagram, etc).

Afinal, ter essas contas com o nome em comum e vinculadas é fundamental para a divulgação da sua marca online.

Lembre-se: O ideal é que seja exatamente o mesmo nome do canal. Caso não seja possível, tente abreviar ou deixar o máximo possível parecido com o nome escolhido para o Youtube. Exemplo: “https://www.youtube.com/dicasdapri“, no Facebook ficaria: “https://www.facebook.com/dicasdapri” ou “https://www.facebook.com/dicasdapriscila” ou ainda “https://www.facebook.com/pri.dicas“.

Use a sua criatividade!

DICA 4: Estilo do seu canal

Ao pensar no conteúdo, você vai poder definir qual o tipo de vídeo que mais se encaixa neste perfil. Exemplo: Vlogs, documentários, vídeos para negócios, …

Esta etapa definirá o estilo do seu canal e será uma das características que vai atrair o seu público. Por isso é bom pensar no quê realmente você gostaria de atuar.

DICA 5: Invista em SEO

De acordo com o gerente de parcerias do Youtube, Alessandro Sassaroli, em entrevista à Revista Exame, usar as palavras corretas no título e  na descrição do vídeo fará com que ele seja mais facilmente encontrado.

Outra dica para melhorar o SEO é trabalhar em uma rede de links na web que apontem para o seu canal.

Quanto mais referências externas apontam para um conteúdo, mais bem colocado ele fica nas buscas.

DICA 6: Identidade

A identidade visual é tudo o que envolve o design que o seu canal vai apresentar ao seu espectador: Foto do perfil, imagem da capa, uma boa logo, vídeos com Thumbnails uniformes e destacadas (que chamem a atenção), etc.

É possível organizar os vídeos do canal por temas. Mantenha o aspecto do seu canal sempre em dia, organizado, sem poluição visual.

Neste ponto, destaco que até o vídeo de boas-vindas no canal faz parte da sua identidade, apesar de não ser uma característica “visual”, é um detalhe que proporciona um aspecto profissional e transmite o cuidado que você tem com a sua audiência, afinal este vídeo ajudará o seu público a identificar o que eles encontrarão no seu canal.

DICA 7: Conteúdo

Preocupe-se sempre em transmitir algo educativo. Um conteúdo com o qual a sua audiência se sinta satisfeita.

É imprescindível entender que o seu canal precisa, necessariamente, ser útil à sua audiência. Com relação à estratégia de conteúdo, este é o primeiro ponto a ser considerado.

Para que você entregue conteúdo útil à sua audiência,  é sempre recomendável que haja um total domínio sobre o assunto a ser abordado, para isso acontecer, basta falar sobre algo que você realmente ama.

Compartilhe conteúdos que você realmente conhece e se sente seguro em falar.

Pense em quais são as objeções do seu público e, a partir daí, trace um plano sobre os principais pontos a serem abordados no vídeo, e que serão o carro-chefe do seu canal.

Pensar nos assuntos para seus vídeos talvez seja a etapa mais complexa antes de ir para a parte prática (gravar). Por isso, é importante conhecer o perfil da sua audiência (idade, preferências, perfil profissional, se é homem ou mulher, faixa etária, etc). Estes são dados extremamente úteis para saber qual o conteúdo a ser transmitido nos vídeos.

Além disso, seja CONSISTENTE! “Quem não é visto não é lembrado!”

Mantenha periodicidade na publicação dos vídeos do canal. O ideal é publicar, no mínimo, 1 vídeo por semana (se você conseguir produzir 2 vídeos, melhor ainda), sempre no mesmo horário. Assim seu público se acostuma com mais facilidade à rotina do seu canal e ficarão ansiosos pelo próximo conteúdo.

Isso vai te ajudar a manter uma base de fãs sustentável, além de ser uma super estratégia para manter seu canal em constante crescimento, afinal fãs geram mais fãs. A sua audiência é a sua maior estratégia de marketing.

DICA 8: Assinantes

Existem alguns elementos que você precisa incluir no seu canal no Youtube para atrair ainda mais a atenção das pessoas.

Obviamente que quando você começa no Youtube, a primeira meta é conseguir inscritos para o seu canal e começar a formar a sua audiência.

Mas, não adianta ser qualquer inscrito. O que você precisa são pessoas que se interessem pelo assunto que você fala. Essa é a melhor audiência que você pode formar.

Se você observar, todas as dicas acima são relevantes para atrair pessoas à consumirem seus conteúdos e fazem parte das principais estratégias que um bom youtuber deve conhecer para ter um canal de sucesso.

Mas, além das estratégias até aqui descritas, existem 2 outros detalhes que precisam fazer parte dos seus vídeos no canal:

  1. Call To Action (chamada para ação): Nesta parte você vai “dar um comando” ao seu espectador. A Call To Action mais comum é pedir para que o seu público assine o seu canal. Outro comando é pedir para que eles deem um like no vídeocomentem e compartilhem. Isso pode ser pedido no próprio vídeo, antes de entregar o conteúdo ou no final.
  2. Interaja com seu público: Como em qualquer outra mídia, a interação é um dos pontos-chave para o sucesso dos seus conteúdos online. É interagindo que você mantém um relacionamento mais estreito com a sua audiência e aumenta o engajamento, conquistando a simpatia do seu público e tornando o canal mais interativo. Além disso, é uma excelente oportunidade para você conhecer as necessidades do seu público, o que vai ser essencial para a produção de novos conteúdos inteiramente direcionados.

DICA 9: Faça parcerias

Se você conhece alguma pessoa que realmente pode trazer alguma informação de valor para a sua audiência, nada impede de haver uma troca colaborativa.

Os grandes Youtubers fazem muito este tipo de colaboração permitindo que haja o que chamamos de “transferência de autoridade”.

Isso é super interessante pois faz com que uma audiência conheça outros produtores e vice-versa, possibilitando que ambos os canais cresçam muito mais rapidamente.

E todos saem ganhando, inclusive o público! 😉

DICA 10: Aprimore seus conhecimentos

Quando uma pessoa deseja se aventurar em algo que desconhece, a ação mais inteligente a se fazer é PESQUISAR.

Se você fosse abrir uma empresa hoje, o que faria primeiro? Certamente uma pesquisa de mercado.

Essa deve ser a mesma atitude para quem quer criar um canal no YouTube.

O Youtube também tem sua Política de Privacidade e Segurança, seus Termos de Uso e suas Regras Gerais. Além disso, ele tem algoritmos, seus truques e estratégias que você pode seguir, e você só vai entender tudo isso ESTUDANDO!

Você precisa saber o que impulsiona o Youtube, quais os vídeos que dão mais retorno, como ganhar visibilidade, etc.

Pesquise bastante para entender a plataforma. Este é um fator muito importante!

Outra forma de aprimorar seus conhecimentos é INVESTIR em conteúdos que vão além de artigos no blog ou resultados de pesquisas no Google.

Pesquise por experts da sua área e veja o que eles têm a oferecer que possa te ajudar a desenvolver suas técnicasproporcionar maior produtividade nos seus negócios.

Você também precisa se tornar um especialista no que faz. Lembre-se que o seu currículo é um atrativo muito eficiente para ganhar autoridade no seu nicho de mercado.

As pessoas adoram saber que estão consumindo conteúdos de pessoas que realmente sabem o que estão dizendo e fazendo. Tenho certeza que esse também é um dos critérios que você usa para buscar conteúdos para o seu proveito. Estou certo? 😉

Bom, por enquanto, este é o conteúdo que eu tinha para compartilhar com você.

Espero que você implemente estas dicas no seu canal (se já criou um) ou comece o seu canal do jeito certo, sem se preocupar com surpresas no futuro.

Se você está sério em criar o seu Canal no Youtube de maneira totalmente eficiente, sem deixar passar nenhum detalhe despercebido, conquistar o público que sempre desejou e investir seu tempo em algo que fará você ter resultados reais…

 

EU TENHO UM CONVITE PARA VOCÊ

 


Que tal ter acesso a um PLANO organizado PASSO-A-PASSO para CRIAR UM CANAL DE SUCESSO NA INTERNET e conquistar o seu público com um conteúdo áudio visual profissional e, de quebra, ser um referencial no seu mercado e se destacar da concorrência?

CLIQUE AQUI
e se inscreva agora mesmo no meu curso
COMO CRIAR UM CANAL DE SUCESSO

Trata-se de um TREINAMENTO onde você vai aprender:

  • Como Criar um Canal no Youtube
  • A Estratégia do Posicionamento Carona
  • A Estratégia do Posicionamento SEO
  • Como Criar um Design Para Capas dos Seus Vídeos
  • Métricas de Vídeos
  • Como encontrar o seu Público Alvo
  • Como Criar Conteúdo Para o Seu Canal
  • Como Atuar Na Frente da Câmera
  • Como Criar um Cenário Para os Seus Vídeos
  • e muito, muito mais.

 

Aguardo a sua inscrição!

Um grande abraço do seu amigo,

Michael Oliveira
#VideosConectam
#VideosVendemMais

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...